b1.jpeg
Segunda, 20 Novembro 2023 17:16

Após registro de 32 casos no estado, conheça as histórias das últimas goianas vítimas de feminicídio

Após registro de 32 casos no estado, conheça as histórias das últimas goianas vítimas de feminicídio Foto: Reprodução

Foram registrados 32 casos nos primeiros meses deste ano, ante 31 em 2022

Após registro de 32 casos no estado, conheça as histórias das últimas goianas vítimas de feminicídio Goiás registrou aumento de 3,2% em crimes de feminicídio no primeiro semestre de 2023, de acordo com dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP). Foram registrados 32 casos nos primeiros meses deste ano, ante 31 em 2022. Ainda segundo o levantamento, o território goiano apresentou crescimento de 128,6% desta tipificação de crime, se comparado ao mesmo período de 2019, com 14 feminicídios.

Fernanda Souza, de 31 anos, foi encontrada morta, com marcas de espancamento e o corpo parcialmente carbonizado, em uma mata entre Piracanjuba e Bela Vista. Amélia de Oliveira Matos, 49 anos foi encontrada morta, com perfurações à bala, na casa em que morava, em Anápolis. Rosyrene Domingos, 31 anos, encontrada morta, com um tiro na cabeça, na fazenda em que trabalhava e morava em Rio Verde. Shellyda Duarte, 31 anos, morta com um tiro no abdômen na porta de casa, em Luziânia.

Acompanhe a matéria ocompleta com Morgana Kelly: 

© 2023, Difusora Goiânia
 Fundação Padre Pelágio. 
Todos os direitos reservados.

ENTRE EM CONTATO CONOSCO!
Fone:(62) 3233-4000
noar@difusoragoiania.com.br

Image
X

FM 95,5

#PorUmMundoMelhor